O que é Marketing de Conteúdo

O que é Marketing de Conteúdo
Postagens em mídias sociais, blogs informativos, e-mails marketing com promoções exclusivas, newsletters e e-books: você com certeza já foi impactado, na web, por uma dessas estratégias. Todas elas fazem parte do que se chama, dentro do Marketing Digital, de “Marketing de Conteúdo”, uma tática voltada para a produção de materiais, com o objetivo de gerar valor para os clientes e criar leads (como são chamados os potenciais consumidores) de maneira sútil e seguindo etapas.

Em uma pesquisa feita pela Internet Live Stats, o Google registra mais de 3,5 bilhões de pesquisas diariamente. Elas são feitas por pessoas que querem tirar dúvidas ou procurar algum produto e, assim, chegam a sites ou plataformas com informações que visam solucionar seu problema ou, mais diretamente, sugerir dicas do que ou onde comprar. No caso das mídias sociais, o Marketing de Conteúdo impacta de uma forma mais espontânea. Imagine: alguém chega ao seu conteúdo por identificação dos temas e, passando pelas fotos e posts da sua empresa, acaba desenvolvendo interesse pela marca, mesmo que o desejo de comprar não venha imediatamente. Você já chamou a atenção e será considerado nas próximas escolhas de consumo.

Parece clichê, mas não é: um negócio que não é visto, jamais será lembrado. Portanto, o Marketing de Conteúdo é a principal alternativa para alcançar visibilidade no meio digital. Fazem parte do seu planejamento: a criação da persona (cliente ideal), o desenvolvimento dos conteúdos, a identificação dos canais e o monitoramento dos resultados. O objetivo é perceber, por meio métricas e análises qualitativas, se seu conteúdo anda fazendo sucesso na web.

Esse plano tem como suporte a idéia do funil de vendas, ou seja: o percurso que o consumidor faz até chegar no seu trabalho. Ele pode ter até quatro estágios:

Marketing de Conteúdo

 

1. Atenção:

Quando a pessoa desconhece que precisa do produto.

2. Interese:

Etapa na qual ela já tem uma necessidade e procura uma solução.

3. Desejo:

Estágio da busca consciente por determinado item.

4. Ação:

A última fase de consideração, com a disposição de comprar.

Juntos, os pontos acima são o que é chamado, no Marketing Digital, de AIDA (Atenção, Interesse, Desejo, Ação), responsável por guiar a criação de conteúdo para a internet, porque assim é possível adaptar a linguagem de acordo com a jornada de compra. Enquanto alguém já decidiu o tipo de produto que quer e está pesquisando informações e referências precisas, outra pessoa busca alternativas para resolver uma situação. São discursos distintos e, portanto, o conteúdo também deve ser diferente.

Para aumentar o alcance do que é produzido, algumas técnicas são empregadas, como a do SEO (Search Engine Optimization), que nada mais é do que a busca otimizada de palavras. Assim, o texto criado estabelece uma ligação com os termos mais buscados nas plataformas de pesquisas, aumentando a visibilidade e as recomendações. Além disso, a divulgação pode ganhar força por meio de anúncios pagos veiculados na web, prática muito utilizada em promoções ou tentativas mais agressivas de alcançar popularidade ou mostrar algum evento limitado (também falaremos disso nos próximos capítulos deste eBook da Mindy Comunicação). Atrair os olhares para a marca por meio do Marketing de Conteúdo é uma técnica baseada no Inbound Marketing, que substitui aquela posição mais incisiva dos canais tradicionais por uma ação de conquista e identificação em relação ao prospect, consumidor já propenso a finalizar uma compra.

Redação Mindy

Baixe agora todo o conteúdo do nosso novo ebook!

Rolar para cima