Marketing de Influência | Entenda a poderosa ferramenta e destaque-se!

Marketing de Influência

Alguns anos atrás, a ideia do Marketing de Influência era limitada às grandes marcas, celebridades e famosos. Porém, a democratização das redes sociais mudou o rumo das coisas.

Os influenciadores digitais são, hoje, muito mais do que meras personalidades da internet. O termo se profissionalizou e, com o tempo, eles aprenderam a utilizar estratégias cada vez mais assertivas de divulgação a seu favor, e o melhor: a favor das marcas. Hoje, um post de um influenciador de determinado nicho e alcance de público pode ter muito mais impacto para o seu negócio do que uma publicidade na internet ou na televisão.

Um estudo da Qualibest identificou que 71% dos brasileiros conectados nas redes sociais seguem pelo menos um influenciador digital. Entre eles, 62% afirmaram que possuem um favorito, e 45% já compraram um ou mais produtos por conta da indicação de um deles.

Veja bem: queremos ressaltar aqui que a publicidade não morreu, bem como as estratégias clássicas do Marketing Digital. Porém, o Marketing de Influência ganhou força e visibilidade de uma forma que nem o próprio Mark Zuckerberg, fundador e CEO do Facebook, imaginava no início. Aliás, quando entendeu o ‘boom’ da nova modalidade, ele mesmo ressaltou:

Pessoas influenciam pessoas. Nada influencia mais do que a recomendação de um amigo. Essa fonte confiável pode influenciar uma pessoa mais do que qualquer tipo de mensagem em qualquer meio tradicional. Um influenciador é o Santo Graal da publicidade“.

(Mark Zuckerberg)

 

Depois dessa, poderíamos terminar o texto por aqui. Mas a Mindy Comunicação separou alguns dados importantes sobre o Marketing de Influência. Então continue com a gente nesse texto para saber um pouco mais.

Classificação de influenciadores digitais 

Não existe, até o momento, uma classificação exata, mas os influencers podem ser segmentados nos seguintes grupos:

Nanoinfluenciadores: que possuem até 10 mil seguidores;

Microinfluenciador: contam com ao menos 10 mil e no máximo 500 mil;

Influenciador intermediário: entre 50 mil e 500 mil seguidores;

Macroinfluenciador: possuem entre 500 mil e 1 milhão de seguidores;

Megainfluenciador: mais de 1 milhão de seguidores em determinada rede social.

A quantidade de seguidores não é tudo

Investir em Marketing de Influência, entretanto, não significa analisar somente quantidade de seguidores. A estratégia do seu negócio deve ser determinada de acordo com o seu público-alvo, especificamente. Para criar uma conexão com quem compra da sua marca, é necessário analisar mais do que números.

Ajuda a aumentar os leads

Como explicamos, o Marketing de Influência ajuda a atrair um público maior. As ações de influenciadores, portanto, naturalmente geram mais leads para seu negócio.

O influenciador também pode ajudar na jornada de compra

O Marketing de Influência, como outras estratégias, pode ajudar na jornada de compra e ser uma etapa decisória de diversas formas, como descoberta dos seus compradores em potencial, ou como foco na decisão de compra.

Retorno sobre investimento (ROI)

Segundo pesquisa feita pelo SocialChorus, uma campanha de Marketing de Influência pode gerar engajamento até 16 vezes maior do que campanhas de publicidade tradicionais.

Agradecemos a sua leitura e interesse neste assunto! Se tiver alguma dúvida, sugestão, ou até mesmo quiser nos contratar❤️, fique a vontade para entrar em contato conosco! 

Redação Mindy

Baixe agora todo o conteúdo do nosso novo ebook!

Rolar para cima