Inbound Marketing | Entenda sobre essa tática para fidelizar seus clientes!

Inbound Marketing

De acordo com um dos maiores especialistas e precursor dos conceitos de Marketing, Philip Kotler, conquistar um cliente custa entre 5 a 7 vezes mais do que manter o que você já tem fiel à empresa. Portanto, empenhar-se para ganhar a admiração dos consumidores vai muito além de fortalecer sua marca: é também uma vantagem financeira que visa economizar recursos e, simultaneamente, conquistar divulgação orgânica pelas recomendações dos fãs da sua empresa.

Neste capítulo do eBook da Mindy Comunicação, vamos explicar um pouco sobre o que é o tal do Inbound Marketing. Constituído por uma série de estratégias que visa atrair clientes, essa vertente do Marketing Digital começa com a estimulação pelo interesse. Diferente do Marketing tradicional, que oferece produtos e serviços diretamente e com mais agressividade, o Inbound apresenta produtos complementares como divulgação, a fim de conquistar, converter e encantar os clientes. Aqui, o intuito não é apenas conquistar novas vendas, mas fidelizar quem já é cliente.

Entre os principais benefícios de investir no Inbound Marketing estão a possibilidade de alcançar o público correto, estabelecendo um relacionamento cada vez mais próximo com ele e aumentar o poder de persuasão. A empresa não só mensura os resultados em tempo real mas também encurta o ciclo de venda, diminui os custos e, por fim, pode aumentar seu ticket médio.

Todas as técnicas envolvendo suas ações são baseadas no funil de vendas que desenha a jornada do consumidor, ou seja: o caminho percorrido pelas pessoas até a compra do produto ou aquisição de um serviço. Para cada uma dessas etapas, existe um tipo de conteúdo mais adequado, com a ideia de atingir com assertividade o público-alvo desejado. Esse é o ponto que podemos chamar de chave do Inbound Marketing: o desenvolvimento de materiais de impacto na internet.

Se o cliente em potencial ainda não conhece o seu trabalho, essa barreira pode ser quebrada de uma forma sútil, por meio de conteúdos como posts em blogs e/ou nas mídias sociais. Para chamar a atenção e conseguir os contatos de potenciais compradores, por outro lado, a Landing Page (aprenda mais sobre este assunto no capítulo 4) ou o preenchimento de formulários em troca de artigos ou eBooks exclusivos facilita não somente a interação no futuro, mas também o recolhimento de leads qualificados. Os exemplos mostram a vantagem dessa abordagem por camadas.

Como explicado acima, o Inbound Marketing segue essencialmente um funil de 4 etapas que mostra, detalhadamente, a jornada de compra do consumidor. São elas:

Atração

Conversão

Relacionamento

Venda

Veja um resumo abaixo:

1) Na etapa da atração, para conquistar visitantes as técnicas utilizadas são, principalmente, blogposts, SEO, redes sociais e links patrocinados.

2) Já na segunda etapa que visa a conversão e, portanto, a geração de leads para a empresa, as técnicas são principalmente landing pages, e-mails marketing, automação de marketing e outros materiais.

3) Na terceira etapa, que visa gerar oportunidades e estreitar o relacionamento com o cliente, o objetivo é preparar o lead para a compra, com e-mails personalizados e demonostrações, por exemplo.

4) Por último, chegamos à última etapa, que visa conquistar a venda. Aqui, técnicas como newsletters, e-mails marketing e outros canais de comunicação costumam demonstrar eficiência.

A importância do Inbound

Em tradução livre, o termo significa ‘marketing de atração’. No Inbound Marketing, o cliente procura pela empresa, e não o contrário. Esse conteúdo pode ajudar a transformar sua empresa em referência no caso dos assuntos relacionados a seu mercado.

De acordo com um estudo de casos realizado pelo RD Station, trabalhar com Inbound é 62% mais barato do que o Marketing convencional e aborda as pessoas corretas, que estão de fato procurando soluções para seus problemas.

Redação Mindy

Baixe agora todo o conteúdo do nosso novo ebook!

Rolar para cima