Coronavírus (covid-19) e as grandes empresas

coronavírus

O alerta de pandemia  já foi acionado e o mundo todo acompanha com receio o cenário internacional que vai se desenvolvendo ao redor do Covid-19. Apesar de muitos estudos e testes em busca de uma cura para a doença, o mercado já está sofrendo instabilidades financeiras e grandes marcas já estão se moldando na busca de sobreviver a crise. 

Eventos de grande porte como Coachella e SXSW estão sendo cancelados e adiados. Mesmo os Jogos Olímpicos de Tóquio estão sob ameaça de suspensão. A cerimônia da tocha inclusive foi fechada devido o avanço do coronavírus.

Empresas como Twitter e Amazon já declararam home office obrigatório, Airbnb mudou sua política de reembolso e o Starbucks vai desenvolver para algumas unidades aptas à se adaptar à um sistema de delivery enquanto o cenário de risco se mantém.

É pensando nesse cenário, que o Google desenvolveu ferramentas gratuitas para auxiliar aqueles que terão que trabalhar e estudar à distância graças ao risco de contágio. A plataforma também está dando uma atenção a mais para o Youtube, principalmente nos países com maiores índices de exposição, direcionando os usuários que fazem buscas para páginas com informações confiáveis. Também estão sendo derrubados vídeos que promovem fake news e tratamentos milagrosos.

Até o devido momento não há vacina nem cura então evite se expor em ambientes de superlotação e lave as mãos com frequência. Remarcar viagens e permanecer em casa são recomendações para diminuir suas chances de exposição ao vírus.

Beatriz Mondin

Oie! Eu sou Triz. Adoro compartilhar conhecimento e aprender com as pessoas! Estudo marketing, sou influenciadora digital e trabalho como acessora de mídias sociais. Faço parte da equipe e família Mindy Comunicação

Baixe agora todo o conteúdo do nosso novo ebook!

Rolar para cima